A diversidade linguística no local de trabalho

Berlitz Brasil

A comunicação eficaz no local de trabalho é a chave para o sucesso e o moral de uma empresa, e diferentes dialetos ou idiomas não deveriam atrapalhar isso, certo? Saiba tudo sobre diversidade linguística no local de trabalho e como superar suas barreiras.

Um estudo da Forbes constatou que um ambiente de trabalho diversificado e inclusivo é um dos principais fatores de inovação e crescimento nas empresas, além de ser bom para o crescimento pessoal de cada funcionário.

Da mesma forma, os dados do VicHealth fornecem evidências de que a diversidade linguística e cultural pode melhorar o desempenho e a produtividade dos negócios, aumentar o pensamento criativo, economizar tempo e dinheiro, reduzir riscos e promover a saúde e o bem-estar da equipe.

Sharon Melamed, diretora da Matchboard, fala cinco idiomas, trabalhou em cinco países e é tradutora credenciada em japonês e alemão.

Ela viu em primeira mão o quão importante é superar as barreiras linguísticas no local de trabalho.

"No Japão, às vezes, as pessoas oferecem frutas, pois podem ser muito caras", diz ela. “Quando eu trabalhava lá, um funcionário japonês deu a um colega israelense um caqui. No entanto, como ele não conhecia a palavra em inglês caqui, disse: "Este é um 'kaki". Em hebraico, "kaki" significa fezes, então esse foi definitivamente um daqueles momentos difíceis."

Então, quais são as melhores abordagens para superar as barreiras linguísticas no local de trabalho?

Use linguagem simples

Imagine que você está retransmitindo uma história para um amigo. É simples, compreensível e direto ao ponto. Deve ser o mesmo ao se comunicar no trabalho.

Use palavras no contexto certo, evite jargões, gírias e palavras com duplo significado e repita qualquer coisa que esteja causando confusão.

"Não importa se você está falando com falantes nativos ou não nativos no local de trabalho, é sempre uma boa ideia usar o inglês comum", aconselha Melamed. "Usar frases longas com linguagem complicada não é impressionante, é apenas confuso. Os falantes não nativos podem não entender o que você está tentando dizer, para que sua mensagem se perca, e as pessoas podem ficar com vergonha de pedir que você a explique novamente.”

Aprender com o outro nunca é demais

Palavras, frases, avisos e jargões comerciais relevantes ou específicos os ajudarão a ter um bom desempenho em seu papel. As aulas também podem ser vantajosas para todos os funcionários ao lidar com mercados estrangeiros.

"É o estereótipo nos EUA que o mundo fala inglês e não precisamos aprender os idiomas de outros países", diz Melamed. "Mas na era de hoje, essa é uma visão bastante arrogante e equivocada. É óbvio que, quanto melhor você conhece seu mercado-alvo, maior a probabilidade de obter sucesso e entender o idioma e a cultura dos clientes do mercado-alvo é a melhor maneira de fazer isso."

Aprender algumas saudações básicas, palavras de encorajamento, elogios e gratidão na língua nativa dos funcionários é ótimo para fortalecer a comunicação e criar harmonia em toda a equipe.

"Quando alguém ingressa em uma nova empresa, é fundamental fazer com que se sinta bem-vindo e parte da família", diz Melamed. “Se você souber que o funcionário fala inglês como um segundo idioma, publique um sinal de boas-vindas na língua materna dele na indução também. Não subestime o impacto positivo que isso pode ter e o quanto as pessoas apreciam isso.”, acrescenta ela.

"Não é apenas um quebra-gelo em uma primeira reunião, mas também diz que você o respeita e o leva a sério o suficiente para aprender um pouco sobre o idioma e a cultura".

Visual thinking: aprenda um novo idioma com recursos visuais

Da mesma forma, recursos visuais, como apresentações ou folhetos do PowerPoint, podem ajudar falantes não nativos a entender o que é necessário. Em um estudo no exterior, verificou-se que os recursos visuais ajudavam os alunos a memorizar o novo vocabulário e a entender a gramática com menos explicações na língua materna. Da mesma forma, o aprendizado se tornou mais significativo para eles e eles se sentiram mais motivados e confiantes para se expressar falando.

Dave Gray, autor de inúmeros livros fez um vídeo onde ele explica de forma prática como funciona o "visual thinking" para aprendermos esse método de sintetizar um novo conhecimento, e isso pode incluir, claro, um novo idioma.

No dia a dia de trabalho, fazer anotações visuais em inglês pode ajudar a acostumar com um novo idioma e na prática do dia a dia, ajudando então na prática da diversidade linguística do ambiente.

Traduzindo documentos

A tradução de documentos importantes para o idioma nativo de um funcionário ajuda a todos os outros colaboradores a entenderem tarefas ou instruções mais complexas.

Se o negócio é grande com escritórios internacionais, pode fazer sentido traduzir documentos importantes para os três a cinco principais idiomas usados dentro da empresa.

"Nada supera os humanos na precisão da tradução", diz Melamed, "mas, para a tradução automática, muitas pessoas usam o Google".

Além de fornecer traduções simples e básicas, o Google Translate também possui outros recursos poderosos, como detalhar como um falante nativo pronunciaria uma palavra ou frase.

O Berlitz possui serviços diversos para empresas, inclusive serviços de tradução. Confira tudo o que oferecemos para sua empresa melhorar processos de recursos humanos e do dia a dia.

Share this

Mude a sua vida com o Berlitz

Preencha o formulário abaixo para receber mais informações.

Você também pode ligar para 4003-4764 para obter ajuda.

Ao clicar em ENVIAR, você estará concordando com nossa Política de tratamento de dados e Aviso de Privacidade.