Até 50% off: seja bilíngue em 2023 e com descontos imperdíveis até 31/01!
qualidade de vida no trabalho

Qualidade de vida no trabalho: como melhorar o ambiente corporativo

Author

Walter Gassire

A pandemia transformou – e segue transformando – nossa relação com o trabalho. De uma hora para outra, líderes e colaboradores se viram diante de novas formas de trabalhar e tiveram de se adaptar aos novos tempos do mundo corporativo. Estar à frente de uma equipe é uma tarefa árdua. Pequenos detalhes podem fazer a diferença entre ser considerado um carrasco ou um excelente chefe.

O trabalho de um líder vai muito além de chegar aos resultados planejados; é preciso encontrar a melhor estratégia para que o time se conecte e trabalhe em conjunto de forma fluida e harmoniosa. Conseguindo este equilíbrio, os resultados falarão por si mesmos e a produtividade automaticamente aumentará. Pode parecer fácil, mas não é.

Fazer com que os colaboradores sintam que têm uma boa qualidade de vida laboral vai depender muito das técnicas de comunicação do chefe da equipe, sua forma de solicitar tarefas ou avaliar resultados e, sobretudo, entender que toda a equipe trabalha com um mesmo fim: a recompensa econômica.

Do CEO à pessoa que se encontra na base da pirâmide organizacional, todos são seres humanos e isso é algo que um bom chefe deve ter claro. Sim, existem as hierarquias que devem ser respeitadas, mas isso não dá a ninguém o direito de colocar para baixo qualquer membro da equipe.

No Berlitz, nos preocupamos com a capacitação de pessoas e para isso desejamos que você seja o melhor “capitão do barco”. Por isso, veja essas recomendações para oferecer à sua equipe a melhor qualidade de vida possível no trabalho.

1. Planeje e respeite o tempo estabelecido

Chegar muito cedo e sair muito tarde não quer dizer necessariamente que seus colaboradores estão trabalhando mais ou melhor.

Em uma conversa casual, um funcionário se queixava de precisar trabalhar por horários estendidos todos os dias. Seu líder participava da conversa e o respondeu muito habilmente:

“Você deve aprender a se organizar e a priorizar. Aceite pedir ajuda e entenda que as pendências de trabalho sempre estarão aí. Lembre-se, você trabalha para viver, não vive para trabalhar.”

Faça cronogramas com sua equipe e respeite as datas de entrega. Imprevistos sempre podem acontecer, mas é preciso ajustá-los aos timelines estabelecidos para que ninguém precise ficar mais tempo no escritório.

2. Motive os colaboradores a aprender com um curso online de inglês ou outra habilidade

Dizemos que um bom chefe prepara sua equipe para que, no dia em que não estiver mais nesse posto, alguém possa substituí-lo.

Uma parte de ter uma boa qualidade de vida no trabalho passa por aprender novas habilidades. O líder tem a responsabilidade de buscar dentro da cultura organizacional da empresa capacitações específicas constantemente, algum curso para aprender francês, italiano ou inglês. Opções não faltam!

3. Os triunfos não são seus, são de todos!

Em cada projeto, permita a integração da equipe, propondo ideias em conjunto e delegando responsabilidades e datas de entrega claramente desde o início.

Mantenha a porta sempre aberta para perguntas e sugestões, e chegue às reuniões semanais com o seu superior sempre dizendo “graças ao trabalho de toda a minha equipe, conseguimos esses resultados”.

Mesmo simples, a mensagem fará com que os funcionários se sintam parte fundamental do time e, consequentemente, gerará a sensação de qualidade de vida no trabalho que todo mundo merece.

4. Conheça, análise e selecione bem seus colaboradores

Suponhamos que uma equipe seja um conjunto de maçãs. Todas brilham e têm um vermelho espetacular, mas há uma que está podre e traz ao trabalho seus problemas pessoais, queixas e frustrações.

Uma fruta podre facilmente apodrece as demais. Um bom líder identifica, fala e busca soluções. Se a situação não está sendo controlada, isola as atividades desta maçã para evitar a contaminação da qualidade de vida no trabalho do restante da equipe.

5. Não utilize “técnicas de terror”

Um líder compartilha os troféus, não julga. Aqueles que fazem as engrenagens do motor se moverem com frases ameaçadoras como “você está fazendo errado, deixe que eu faça”, “você é um inútil”, “vou te demitir” simplesmente não tem capacidade para ser a cabeça de um time. Se você age dessa maneira, o mais provável é que logo se veja completamente sozinho.

6. Um chefe não é amigo íntimo de seus colaboradores

Apesar de ser indispensável desenvolver uma relação cordial e tranquila com seus colaboradores, um líder deve manter certa distância e não cruzar a linha tênue que separa o profissional do pessoal.

Evite confianças excessivas e a possibilidade de que a equipe se sinta relaxada a ponto de pensar que “o chefe é um amigão, não tem problema se não entregarmos a tempo”. Transforme-se em um excelente líder e desenvolva entre seus colaboradores a melhor qualidade de vida no trabalho!

Mude a sua vida com o Berlitz

Preencha o formulário abaixo para receber mais informações.
Você também pode ligar para 4003-4764 para obter ajuda.

Ao clicar em ENVIAR, você estará concordando com nossa Política de tratamento de dados e Aviso de Privacidade