Saiba como utilizar pronomes e adjetivos possessivos em inglês

Berlitz Brasil

Dominar o entendimento dos adjetivos e pronomes possessivos em Inglês é um passo importante para o aprendizado do idioma. Por isso, trouxemos hoje este artigo que pode fazer a diferença nos seus estudos.

Vários aspectos da nossa linguagem a diferenciam dos animais, e a habilidade de referenciação é uma delas. Somos muito inteligentes, mas ainda assim algumas palavras ficam muito abstratas até para nós. Como assim, referenciação?

Pronomes e adjetivos possessivos em Inglês 

Pense que nós, humanos, conseguimos nos referir a pessoas e objetos que não estão presentes no mesmo lugar e na mesma hora em que estamos falando. E pra isso surgimos com pronomes como o de ele e ela, de nós. Pode parecer muito natural para nós conseguirmos elogiar um colega sem ele estar presente, comentar sobre um amigo que está distante ou até mesmo falar mal do chefe pelas costas (embora não se deva bem fazer isso). Mas essa habilidade foi desenvolvida num processo de lapidação de muitos anos de evolução até podermos falar: “Hey, did you know John is getting married?“ (Ei, sabia que o João vai se casar?).

Desde que o homem é homem também lidamos com o conceito de meu, afinal faz parte do nosso instinto de sobrevivência ter pertences, primordialmente comida. Com isso, apareceram também os adjetivos e pronomes possessivos.


Nemo Seagulls - MINE! - GIF on Imgur

Mas o que é isso? Bom, da mesma forma em que ele designa um objeto ou ser por convenção do gênero masculino na nossa língua; dele se refere a algo pertencente a ele. Digo por convenção porque em línguas como o inglês não há bem a definição de objetos como sendo masculinos ou femininos, exceto por alguns casos, por exemplo animais (que quando se sabe o gênero passa-se a tratar deles dessa forma) ou veículos, como barcos (que são sempre ela).

Se não forem casos como esses, podemos usar com segurança na frase o pronome ou adjetivo possessivo its, comumente para seres inanimados. (Atenção, cuidado para notar que não há apóstrofe, portanto é totalmente diferente do “it’s” que podemos já ter visto em algum outro lugar). Temos aqui uma esquematização de quais são as possibilidades:

pronomes-adjetivos-ingles-pedro-galvao.jpg

A principal diferença entre um e outro é que os adjetivos possessivos em inglês terminam com um s no final, exceto pelo mine. Já comentamos sobre a tradução inexata de "it" por não haver correspondente a um pronome pessoal só para objetos em português. A tabela também está de acordo com a gramática descritiva (falada) da nossa língua, não com a normativa (norma culta, por assim dizer).

Perceba que a intenção aqui não é que você aprenda todos eles em somente um artigo, mas que possa entender o que significam e talvez até poder reconhecer quando ler algo em inglês. O principal aqui é conseguir ver a diferença entre um e outro.

Assim, para adjetivos possessivos em inglês é necessário um substantivo para o qual se referir, dessa forma:

  • “I didn’t know! Does he still work with his wife?” (Eu não sabia! Ele ainda trabalha com a mulher dele?); his está ligado ao substantivo wife, ou seja, dele se refere à mulher, e vem anteriormente a ele.

De modo análogo, quando se trata de pronomes possessivos em inglês não é mais necessário estar ligado à um substantivo, assim: “No, the job is only hers now” (Não, o emprego é só dela agora); hers vem depois do substantivo job, significando que dela não se liga diretamente a emprego.

No português não temos essa diferenciação, então trata-se de algo novo a incorporar na nossa estruturação de como línguas funcionam, mas outra forma de entender a frase é perguntando a ela mesma:

  • Whose job is it? (de quem é o emprego?). Se a resposta for simples, não precisando de um substantivo para fazer sentido, então entra em ação a 2ª coluna: It’s hers (é dela). No entanto, se precisar vincular a um outro substantivo é usada a 1ª coluna.

Esperamos que essa explicação tenha ajudado você a entender melhor sobre os pronomes e adjetivos possessivos em inglês!


Este artigo foi escrito pelo professor de Inglês e Alemão do Berlitz, Pedro Galvão de França.

Share this

Mude a sua vida com o Berlitz

Preencha o formulário abaixo para receber mais informações.
Você também pode ligar para 4003-4764 para obter ajuda.

Ao clicar em ENVIAR, você estará concordando com nossa Política de tratamento de dados e Aviso de Privacidade.